Acroyoga proporciona diferentes tipos de sensações e superações

Dinâmico e divertido, o acroyoga agrega a integração com o outro, trabalhando o companheirismo e a superação de desafios. É uma prática que compõe yoga, juntamente com elementos da acrobacia e técnicas de massagem terapêutica Tailandesa, desenvolvendo habilidades de consciência corporal, flexibilidade, tonificação muscular, força, capacidade de meditação e concentração, comunicação, criatividade, autoconhecimento e relacionamento interpessoal. “A prática leva à hiperconsciência, que é a capacidade de estar presente em todas as atividades da vida diária, aliviando a ansiedade do dia a dia”, conta Jaqueline Albert de Souza, professora da modalidade no Aruã.

Ela ressalta que 80% da evolução da prática não se refere às limitações do corpo, mas sim da mente. “No yoga, busca-se o equilíbrio com você mesmo. Já no acroyoga, além da autoconsciência, busca-se o próprio equilíbrio no equilíbrio do outro, como uma empatia que gera a adaptação e boa relação com este outro ser”, informa.

Segundo a professora, aprender a confiar, a ponto de arriscar sua integridade física e se relacionar com pessoas diferentes, mas com o mesmo objetivo, ou seja, de tornar-se uma pessoa mais consciente, saudável e equilibrada, é vivificante. “Imagine pessoas que passaram por uma traição, morte recente, crises de ansiedade, depressão e pânico estar em contato com outra pessoa, se entregando, confiando e passando confiança. Isso é um processo transformador”, completa.

 

AULAS

As aulas são realizadas no Condomínio Aruã de segunda, às 16 horas, e quarta-feira, às 20 horas, mas outro horário noturno será aberto em breve devida à grande procura. Qualquer pessoa pode realizar as aulas, adultos, crianças e idosos, entretanto grávidas de até três meses não poderão fazer todas as posturas.

Jaqueline revela que também não há necessidade de dividir as aulas por idade ou níveis, pois cada um irá evoluir dentro da aprendizagem da própria consciência corporal e mental.

Ela diz que a aula tem duração de 1h20, sendo 50 minutos voltados ao Swasthya Yoga, que é o yoga pré-clássico e mais antigo, e mais 30 minutos de acroyoga, com voos acrobáticos e terapêuticos, acompanhados de massagem thai que ajudam no alívio e prevenção de dores no corpo, principalmente ombros e coluna.

Além das aulas em si, foram realizadas aulas abertas todo primeiro domingo do mês, entre fevereiro e novembro, no lago do Aruã.

Também são organizadas aulas abertas em eventos, como a Trackfield e Live, bem como os Jams, reuniões de pessoas que se unem para praticar algo em comum de forma livre, com segurança, mas sem a necessidade de um instrutor. “Indico que as pessoas acompanhem o Instagram @jaquelinealbert para acompanhar outros eventos”, completa.

 

PROFISSIONAL

Jaqueline é formada em Psicologia, é mestranda em Neurociências e Comportamento pela Universidade de São Paulo, pratica yoga há cinco anos e acroyoga há quatro, tem formação em Swasthya Yoga (Mestre Marian Hereen), imersões da acroyoga internacional e acroyoga Montreal (movimentos de dança com acroyoga), Práticas de Flexibilidade (Instituto Juliana Ota), Contato Improvisado (Instituto Bruno Garrote), participou do primeiro Festival de Acroyoga do Brasil e da organização de Jams de acroyoga em São Paulo e Mogi das Cruzes. Mais informações pelo telefone (11) 9.4999-4875 ou diretamente na aulas no Condomínio.